Análise da água da cacimba

contribuiu: Sasha Hart

Fizemos o teste recomendado pela Cetesb para a água da nossa cacimba e tivemos o resultado previsto! Sem problemas para continuar a usar a água para regar nossas hortaliças.

O laboratório da Cetesb realizou a análise bacteriológica para  E. coli na nossa água e concluiu que “a amostra enquadra-se nos limites bacteriológicos estabelecidos pela Resolução CONAMA n. 357/2005 para águas de classe 1, destinadas a irrigação de hortaliças que são consumidas cruas e de frutas que se desenvolvem rente ao solo e que sejam ingeridas cruas sem remoção de película (menor ou igual a 120 E. coli por 100 ml)”. Nosso resultado deu 30 E. coli por 100 ml, que significa que ela atende bem o padrão para hortaliças (mas note que ela não deve ser usada para beber). A recomendação futura da Cetesb é que a mesma análise seja feita em seis amostras coletadas durante o período de um ano (com frequência bimestral), além de fazer limpezas periódicas da caixa. A próxima coleta deve ser realizada em meados de novembro, e imaginamos que o valor deve baixar um pouco mais, pois agora a área está cercada, limitando a entrada de cachorros.

Já havíamos tido também a confirmação, por parte de um funcionário da Cetesb, de que “não há área contaminada próximo à praça das Corujas. Existem dois postos de gasolina nas redondezas, mas que já estão sendo monitorados e ficam a mais de 400 metros de distância do local.”

Fontes da água da horta

Uma das principais razões de termos escolhido essa área específica da praça das Corujas para a horta foi o fato de haver duas fontes permanentes de água ali. Por questões legais uma praça pública não pode ter água encanada (torneira, bebedouro, banheiro – como têm os parques públicos, que são fechados e administrados por um conselho gestor), e não poderíamos solicitar à subprefeitura alguma instalação do tipo.

Primeiro pensamos em usar a água do próprio córrego das Corujas (veja histórias  estudos sobre o córrego e do vale, aqui). O córrego faz parte do Projeto Córrego Limpo, da Sabesp, e sua água é considerada pouco impactada para os padrões de São Paulo. Porém não tem qualidade suficiente para a regar nossas ervas e verduras segundo os padrões do CONAMA  mencionados acima – veja o resultado do monitoramento de agosto de 2012 aqui.

Então focamos na antiga nascente que fazia brotar água subterrânea do lado do local aonde hoje fica a horta. Dizem que na época em que a área era uma fazendinha, o ocupante tinha ali uma banheira para recuperar a água. No projeto de reforma da praça, inclusive cogitou-se criar “praças d’água”, como se pode ver nos croquis de arquitetura. Em algum momento (antes da horta chegar) a nascente deixou de existir (secou? foi aterrada?) e aquela região virou uma área bem úmida com poças esparsas, apreciada apenas pelos cachorros da praça que adoravam se lambuzar na lama.

Nossa solução foi cavar uma cacimba (“cova aberta em terreno úmido ou pantanoso, para recolher a água presente no solo que nela se acumula por ressumação”, segundo o Houaiss), que se enche naturalmente da água subterrânea. Fizemos a cacimba com uma velha caixa d’água, sob a qual colocamos um filtro rústico, de pedregulhos, tela e manta.  Com isso os voluntários da horta podem tirar a água da cacimba (no braço!) e levar para regar a horta.  A água tem estado um tanto barrenta e tende a encher só meia caixa, mas isso deve mudar com a chegada do período chuvoso no verão. Vemos ver…

A chuva obviamente também é uma fonte muito importante de água para a horta, mas não é permanente e aparece… quando aparece (algo que quase nunca aconteceu nos primeiros meses da horta!).

Anúncios
Esse post foi publicado em Água, Informação. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s