O Pedal Verde e outras boas ideias para se cultivar

O Eco, 30/01/2013, por Daniel Santini

No fim de semana passado um grupo de ciclistas saiu do Viveiro Manequinho Lopes, no Parque do Ibirapuera, com mudas e sementes para plantar. O encontro, conhecido como Pedal Verde, é aberto a participação de todos e acontece tradicionalmente no último domingo do mês. Dá para acompanhar quando serão os próximos encontros e ler mais sobre o projeto pelo site do grupo ou pela página no Facebook. A iniciativa, que acontece desde 2009, é simbólica de uma São Paulo em transformação, cansada de ser tão cinza, asfaltada e poluída.

Os ciclistas do Pedal Verde não são os únicos agindo por mudanças, defendendo mais praças, mais verde e, logo, menos permeabilização do solo; o que é bastante pertinente nestes dias em que a chuva é tanta que alguns trechos da cidade viram rios, com carros boiando no asfalto. Aos poucos, moradores começam a se organizar para, juntos, cobrarem do poder público providências ou, simplesmente, ocupar o espaço público que já existe. O Movimento Boa Praça, cujas ações se concentram na zona oeste da cidade, é um destes grupos que realizam piqueniques, feiras de trocas, teatros de fantoches para crianças e multirões de limpeza em praças públicas.

As mobilizações vão de ações pontuais a projetos permanentes, com participação constante de moradores locais. Na Praça Dolores Ibarruri, mais conhecida como Praça das Corujas, a horta comunitária já dá resultados em um espaço antes coberto apenas por grama. É comum agora ver no local vizinhos conversando animadamente ou apenas parando para olhar a evolução do plantio. Na página do grupo teminformações sobre como participar e ajudar.

Se você se interessou por este tipo de iniciativa, gosta de praças, de plantas e de ar livre, vale visitar o 10º Piquenique de Trocas de Sementes e Mudas das Estações, que acontece no próximo domingo, 3 de fevereiro, no Parque da Luz, “o mais antigo jardim público da cidade”, conforme o convite aberto no evento criado no Facebook. O evento acontece das 10h às 15h e conta com apoio dos grupos Árvores Vivas, Viveiro Arborizando e Hortelões Urbanos. É um bom dia de aproveitar para dar uma caminhada, ir de bicicleta ou metrô linha azul (Luz e Tiradentes) ou linha amarela (Luz).

Imagem: O Eco

Anúncios
Esse post foi publicado em Horta na Mídia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s