Hortas em grandes centros urbanos

Ekos Natura, 14/05/2013

Já parou para pensar na possibilidade de ter alimentos orgânicos e frescos na sua própria casa ou numa praça do seu bairro? Em grandes centros urbanos, essa ideia talvez possa parecer impossível. Mas não se depender da jornalista Claudia Visoni. Ao decidir usar o jardim de sua casa, que fica na cidade de São Paulo, para plantar algumas verduras e temperos, Claudia se encantou pela agricultura urbana, passou a pesquisar a respeito e a participar de cursos. Com a ajuda da também jornalista, Tatiana Achcar, elas se juntaram e formaram na internet um grupo chamado Hortelões Urbanos.

O projeto tem o objetivo de trocar informações entre os interessados no cultivo de alimentos em casa e, em pouco tempo, conseguiu juntar um grupo de pessoas das mais diversas profissões. Os encontros virtuais logo passaram para o mundo real e, assim, a primeira horta urbana dos Hortelões teve seu espaço na cidade: a Horta das Corujas, na Vila Madalena.

Mas para que a horta comunitária pudesse existir, a prefeitura precisou autorizar o uso da praça, colaborar com materiais e com o apoio técnico de alguns agrônomos. Porém, quem cuida do crescimento da horta é a própria população, que planta as sementes, rega as hortaliças e coloca arame para separar a horta do espaço de passagem das pessoas.

Expandindo a agricultura urbana

Leia mais…

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Horta urbana no mundo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s