Algumas dicas para plantar na Horta das Corujas

Nossa horta fica num espaço público e por isso todos são bem-vindos para plantar, colher ou apenas passear. Mas precisamos criar alguns acordos de convivência que evitam conflitos e frustrações.

O momento de colocar uma semente ou muda na terra é realmente mágico e todos adoram. Só que plantar leva um minuto, enquanto que os cuidados com a planta vão durar meses ou anos. Tem sido comum recebermos a visita de voluntários esporádicos que instalam plantas nos canteiros e nunca mais retornam para regar ou fazer a manutenção delas, tarefa que acaba sendo incorporada pelos voluntários mais assíduos. Bom lembrar que a verdadeira experiência da agricultura se faz nessa lida constante.

A maior parte do trabalho na Horta das Corujas corresponde às seguintes tarefas: produzir mudas em casa (ou comprar no Ceagesp), preparar canteiros, regar, montar a infraestrutura (caminhos, reservatórios de água, sinalização etc), preparar o composto orgânico, transportar doações de composto e esterco animal. São tarefas que demandam tempo, integração entre pessoas e, muitas vezes, esforço físico. Sempre estamos precisando de ajuda nessas atividades.

Também é importante ficar claro que a Horta das Corujas não possui monitores contratados. São os voluntários mais experientes que, com o maior prazer e carinho, recebem os visitantes e novos voluntários. Vale a pena trocar ideias com esse pessoal ao chegar na horta nas primeiras vezes para planejar melhor as atividades.

Lembramos que existem canteiros que foram adotados por escolas ou grupos de voluntários, que dedicaram esforço e tempo no preparo da terra de modo a plantarem e cuidarem de suas hortaliças naquele espaço escolhido com carinho. Nesses canteiros, pedimos para não plantar nada. (Já houve casos em que a preparação de um canteiro custou muito suor e, quando estava prontinho, alguém de passagem ocupou. Aí aqueles que trabalharam duro para preparar a terra perderam a vez na hora de plantar, o que é muito chato.)

E há canteiros que procuram cuidadores. Estão à disposição para serem adotados, preparados, cuidados por quem quiser. Procure alguém mais familiarizado com a horta para saber quais são esse canteiros. E veja aqui como preparar o canteiro perfeito para as hortaliças de sua escolha.

As crianças são especialmente bem-vindas, mas devem ficar acompanhadas de seus responsáveis o tempo todo, pois a horta tem áreas encharcadas e reservatórios de água que precisam ser observados com atenção. Além disso, jamais podemos pisar nos canteiros.

Anúncios
Esse post foi publicado em Adoção de canteiro, Informação, Manejo e cuidados. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Algumas dicas para plantar na Horta das Corujas

  1. PARABENS PELA INICIATIVA! SUCESSO! Querem sementes??

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s