Nascentes das Corujas: roda de conversa e mutirão

Toda a água usada para regar a Horta das Corujas vem de nascentes locais e foram os voluntários que instalaram as cacimbas. Mesmo durante o período mais seco pelo qual São Paulo já atravessou, a situação na horta é de abundância de água. E água limpa, de acordo com análise realizada pela Cetesb em 2013. Por não ser tratada, não é potável, mas tem ótima qualidade para regar hortaliças.

Cacimba
Durante o encontro+mutirão, vamos conversar sobre como fazer as nascentes urbanas renascerem e também colocar a mão na massa para criar canais de escoamento da água.

As cacimbas não necessitam de cobertura contra o mosquito da dengue pois têm peixes (guarus) que se alimentam de larvas. A Vigilância Sanitária fiscalizou a horta recentemente e nenhum foco de proliferação de mosquitos foi encontrado. Conversaremos sobre isso também.

Venha com roupas velhas, traga água de beber e, se puder, enxada. Contribuições para um lanche comunitário também são bem-vindas.

A horta fica na Praça das Corujas e o local não possui banheiro.

Quando: Sábado, 27/06/15, das 11h às 14h
Onde: Horta das Corujas, Praça Dolores Ibarrui

Esse post foi publicado em Água, Manejo e cuidados, Mutirão. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s